Curso Regina Mota

Desenvolver a habilidade de expressão escrita, estudando questões fundamentais da gramática e da prática redacional. O Curso Regina Mota de Português e Redação é ideal para quem busca bons resultados no vestibular/Enem e concursos. No site você encontra mais informações sobre o curso, além de ter acesso a textos, vídeos e conteúdo de qualidade sobre Língua Portuguesa e Cultura Brasileira.

Projeto Espaço da Palavra

Um momento dedicado ao cultivo das memórias e da arte de contar e escrever histórias. Seguem as informações iniciais e o contato!            

A importância da leitura

Texto de André Luiz Silva  “Escrever livros é um ofício suicida. Nenhum outro exige tanto tempo, tanto trabalho, tanta dedicação em relação aos benefícios imediatos”, escreveu o colombiano Gabriel García Márquez, prêmio Nobel em Literatura,  em uma de suas crônicas. Opinião compartilhada por outro sem número de escritores mundo afora, sobretudo os de países “em desenvolvimento”, como é o caso do Brasil, onde, segundo dados do Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a média de leitura é de 1,8 … LEIA MAIS

Contadores de caso

Autora: Anna Veronica Mautner  Ter um repertório em comum elimina a sensação de isolamento e faz a gente se sentir “em casa” no mundo. Já vai longe o tempo da comunidade de vizinhança, quando se conversava, contando caso. Aí veio o telefone, e podíamos contar caso pelo muro e pelo aparelho. As histórias tinham se- quência, e o “nada de novo” era quase má notícia. A educação das crianças, para que façam parte do mundo, se dá por meio dos … LEIA MAIS

Mercado Central, Regina Mota

Belo Horizonte é Mercado Central. De tudo tem um pouco. Conhecer o Mercado Central é conhecer a diversidade da cultura mineira. Os corredores não têm fim. Oncotô? Proncovô? Os cheiros, as cores, as vozes se misturam às prateleiras quase centenárias. No Mercado Central você pode comprar um tanto de coisa. Flor, legume, fruta, rapadura. Pano de chão, de prato, de bandeja. Embalagem, praticidade. Pistache, panelas, velas, ervas. Fumo de rolo, cidra, pequi. Bacalhau, biscoito, vinho, sofisticação. Produtos esotéricos, peixe ornamental, … LEIA MAIS

O fim das caixinhas de natal

Acabou o Natal. Animação e muita fantasia à espera daquele bom velhinho que leva presentes para todas as crianças. Ricas ou pobres, não importa a condição social, o bom velhinho não se esquece de ninguém. Acabou o Natal e acabaram também as caixinhas enfeitadas ou não nas mãos das crianças pobres que, nos semáforos, pedem uma contribuição para que o Natal seja mais feliz, mais farto. Os olhos das crianças brilham com R$ 0,10 que se somam à esperança de … LEIA MAIS